O valor de costurar afetos

É tempo de celebrar a infância.

Aplicar valores que qualificam e não quantificam é um grande desafio.

Costurar para a criança é fazer um exercício de acolhimento que preenche de afeto.

Então decidi coser gatinhos para que as crianças criassem vínculo afetivo.

Cada laçada foi realizada com muito carinho e com bons pensamentos para cada criança.

Inclusive fiz questão de fazer na cor que cada criança mais gosta.

E entregar os gatinhos foi muito emocionante para mim.

Cuidei de cada detalhe que valoriza e disponibiliza afeto incondicional.

Assim sendo, os gatinhos não foram embrulhados.

Embrulhar seria um impedimento para a criança expressar seus sentimentos.

Então a ninhada foi colocada dentro de uma fronha.

Cheguei com o saco cheio de gatinhos.

Perguntei se já haviam visto uma gata esperando gatinhos.

Disseram que sim.

E eu contei que uma gata pediu para eu entregar os filhotinhos dela para eles.

Uma menina disse que tinha medo.

Mas sua irmã disse que não tinha medo e que queria um gatinho.

Mesmo eu perguntando a cor que ela queria, todos acreditaram que eram gatinhos de verdade.

E são.

Solicitei que abrissem as mãozinhas para eu colocar delicadamente o gatinho.

Foi lindo vê-los acolhendo seus gatinhos.

O exercício do vínculo é um ato que preenche nossos corações.

As crianças precisam sentir-se aceitas para expressarem quem são.

Existe magia no ato de costurar. Não basta apenas a ideia de conceber um trabalho manual. Só a fé de nada resolve, pois poderá o seu projeto jamais decolar. A ação, que por si só é incapaz de construir, necessita da existência da intenção.

Diante de tão complexa tarefa, deixe em cada ato uma expressão de sua alma.
Encha de desígnios cada laçada de sua agulha. Que seu trabalho ao final carregue uma grande energia de coração. Que seja não só a transformação do tecido e da linha em beleza, mas de todo o seu ser em evolução. Experimenta costurar amor junto ao seu trabalho. Milagres serão expressos diante da sua criação.
Leia mais em http://magiadabeleza.blogspot.com.br/2010/02/li-outro-dia-historia-de-uma-senhora.html
Foto: Solicitei que abrissem as mãozinhas para eu colocar delicadamente o gatinho.</p><br />
<p>Foi lindo vê-los acolhendo seus gatinhos.</p><br />
<p>O exercício do vínculo é um ato que preenche nossos corações.
Anúncios

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s